POLÍTICA

28/09/2018

Deputado Celino sai de cena, mas o trabalho continua, diz

Cumprindo seu último mandato, Celino Cardoso deixa à vida parlamentar no final de ano, para se dedicar sua vida profissional e à família. Com sentimento de dever cumprido diz que "se sente feliz por todo trabalho que desenvolveu, mesmo tendo ti algumas frustrações ", como a luta que travou pelo Metrô, que hoje está com as obras paradas.

A pedido de eleitores, afirma que o trabalho não irá parar, como o atendimento de cerca de 100 pessoas por dia no seu escritório. Celino está apoiando sua chefe de gabinete, Sandra Santana, para, se eleita, dar continuidade ao projeto político. Leia a entrevista dada ao editor Célio Pires.

POR QUE OPTOU PELA POLÍTICA?
Entrei na política porque cresci na Vila Brasilândia, comecei a trabalhar com oito anos de idade, em uma padaria. Meu pai ajudava muito as pessoas da região, por ver neste bairro muito abandono. Adulto, passei a buscar soluções para o bairro e vi na política um meio de ajudar. Sai candidato a vereador, em 1988, e deputado em 1990, mas só me elegi em 1994, e sou deputado há seis mandatos consecutivos. São 30 anos de envolvimento na política, sem acusações ou processos. Um parlamentar ficha limpa.

E COMO FOI SER DEPUTADO?
Optei por ser um parlamentar distrital, pois sempre foquei meus mandatos na zona norte e eles foram representativos e não temáticos ou ideológicos. Ao tomar posse em 1995, encontrei os hospitais Penteado, Taipas e Cachoeirinha sem pronto-atendimento, as viaturas da polícia dependiam de ajuda do comércio para serem consertadas e havia filas no entorno das escolas em época de matrículas. Os pais dormiam na fila para conseguirem vaga. A Sabesp estava sucateada, eram comuns os rodízios de água e os esgotos a céu aberto.

E O QUE VOCÊ FEZ DE IMEDIATO?
Logo no meu primeiro mandato, solicitei ao governador Mario Covas a construção de três escolas, simultaneamente, na Brasilândia: uma no Jd. do Tiro, Jair Toledo, uma na Vila Teresinha, Claudino Sergio dos Santos, e uma no Jd. Brasília, Profª Eulice Silvio Mendonça da Silva. Solicitei a abertura dos hospitais e a compra de novas viaturas e o aumento do efetivo da polícia. Também reivindiquei projetos de coberturas de quadras e por programas que abriram as escolas nos finais de semana. Foram solucionados muitos problemas de esgoto a céu aberto e construídas muitas redes de água em todo nosso território, acabando com os rodízios constantes. Obras que beneficiaram milhares de famílias.

E SOBRE A FALTA DE MÉDICOS?
Há muitos problemas, mas a minha luta foi constante para trazer recursos para a saúde da nossa região. No Hospital Penteado, por exemplo, consegui trazer recursos para a Ala de Queimados e para compra de diversos equipamentos. Recentemente, consegui junto à Secretaria da Saúde, a contratação de uma empresa terceirizada para os atendimentos médicos. Também foi aberto o Hospital São José, conhecido como Hospital do Homem, no Imirim. O problema também se deve ao fato de que pessoas do Brasil inteiro vêm se tratar em São Paulo. A falta de médicos envolve questões complexas.

VOCÊ ACHA QUE HOUVE MELHORIAS NO GERAL?
Mantive o meu escritório aberto todos os dias da semana, nos últimos 24 anos, atendendo reivindicações e encaminhando demandas locais. São pessoas que não conseguem falar com governador, prefeito e secretários e eu consigo, não porque eu sou melhor do que elas, mas porque eu tenho um mandato justamente para representá-las. Então, busco soluções e recursos. E não é a toa que fui eleito seis vezes no mesmo lugar. Se não tivesse realmente trabalhado isso jamais aconteceria. Entre as nossas conquistas, destaco a construção do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, cujas obras estavam paradas há 20 anos. Levamos o governador José Serra à Vila Nova Cahoeirinha e as obras foram retomadas e a inauguração ocorreu no seu primeiro ano de mandato. Hoje, há duas Fábricas de Cultura e duas Casas de Cultura, escolas técnicas no Jd. Paulistano, Pirituba, Jaraguá e Perus. Foram muitas outras conquistas. Tudo isso tem a minha representatividade e esforço. Luto por tudo aquilo que é um direito do cidadão e um dever do Estado.

E AS OBRAS PARADAS DO METRÔ?
Fico frustrado como todas as pessoas da região. A paralisação das obras (da Linha 6-Laranja) não é uma questão política e, sim, falta de recursos do consórcio construtor (que deveria arcar com 50% da obra) e que ficou sem crédito junto ao BNDES por envolvimento na "Operação Lava Jato". O governo tem R$1 bilhão e 754 milhões parados, carimbados, para a obra do Metrô, mas depende de nova licitação. A decisão da construção foi tomada na gestão Serra, atendendo pedidos insistentes meus, e o seu início na gestão Alckmin. Já foi gasto R$1 bilhão em desapropriações e R$1,5 bilhão nas obras. O que nos faz ver que a obra é irreversível, que a luta não foi em vão e é só uma questão de tempo para tudo ser retomada.

COMO FICARÁ A REGIÃO COM SUA SAÍDA DE CENA?
Tenho 62 anos, trabalho há 54, com 30 anos de dedicação à política, estou cansado, tenho minha vida profissional e sinto que dei minha contribuição na vida pública. Não me envergonho das obras paralisadas do Metrô, por não ter sido culpa minha. Além disso, me sinto tranquilo porque acredito que a região continuará sendo bem representada com Sandra Santana, atuando no estadual, e com a minha filha, Aline Cardoso, no municipal.

Total de 422 Notícias | Página 1 de um total de 35

Além da construção da ponte Pirituba - Lapa, autorizada a ser construída de imediato pelo prefeito Bruno Covas, em 13/05/2019, o projeto completo consiste na implantação de três quilômetros de ligação viária, com três faixas de circulação em ambos os sentidos, sendo uma faixa exclusiva para ônibus. O trecho da Avenida Raimundo Pereira de Magalhães que percorre a Vila Anastácio, atual gargalo de saída do bairro da Lapa para a Marginal Tietê, será alargado e receberá melhorias em toda a sua exten   leia mais...

Na cidade de São Paulo, os tucanos elegeram, no último dia 14, Fernando Alfredo, o "Fernandão", 37 anos, ligado ao prefeito Bruno Covas (PSDB), para presidir o diretório municipal. Em entrevista à Folha, ele defendeu que o PSDB seja, daqui para frente, um partido social-democrata, de centro, com políticas econômicas liberais e políticas sociais para os mais pobres. Ele discorda de Doria sobre mudar o nome da legenda.   leia mais...

O projeto em desenvolvimento foi aperfeiçoado com a incorporação de novos elementos funcionais, considerando as solicitações realizadas pela sociedade nas audiências públicas, entre os mais relevantes estão: a inclusão de alças de acesso na ponte para acesso à Marginal Tietê; três faixas de circulação de tráfego, por sentido; e adoção de binário na John Harrison, para melhoria da capacidade de circulação no bairro.   leia mais...

Não só o PSL, partido do presidente Bolsonaro, teve candidatas "laranjas’ – ou seja, mulheres usadas apenas pra justificar gastos de donos de partido, com despesas fictícias, ou até para desvios de recursos. O Ministério Público investiga algumas destas possíveis "laranjas" – entre elas a assistente social e ex-conselheira tutelar Maria de Lourdes Santana da Conceição, 56 anos, ou Lurdinha, moradora do Jardim Peri/ VN Cachoeirinha.   leia mais...

O prefeito Bruno Covas vistoriou na quarta-feira (30/01/2019) as obras do Centro Educacional Unificado (CEU) Freg. do Ó, que estavam paralisadas por falta de recursos e foram retomadas pela gestão atual recentemente e serão concluídas em junho de 2020.   leia mais...

Depois da inundação recente, a Prefeitura Regional da Lapa trabalhou na noite de 10/01/19: as equipes de limpeza realizam o trabalho de varrição e lavagem das ruas do entorno do Mercado Municipal da Lapa e as passagens dos túneis da Toca da Onça e da Doze de Outubro também foram lavadas e higienizadas.   leia mais...

"Na hora de assinar a autorização para início da obra da Ponte de Pirituba, o prefeito chamou os vereadores Fábio Rivas (PSDB), Eliseu Gabriel (PSB), Paulo Frange (PTB) e o deputado Marcos Zerbine (PSDB), mas se esqueceu de chamar o Movimento Popular, faltou consideração. Ele poderia agora vir ao bairro de Pirituba anunciar a obra para o povo, afinal são décadas de espera". Disse Cleto Vitor do Movimento Ponte de Pirituba Já.   leia mais...

O novo prefeito regional de Pirituba – Jaraguá chama-se Edson Brasil é casado e tem 54 anos. Trabalhou na Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, foi assessor de gabinete da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, bem como chefe de gabinete do deputado estadual Bruno Covas, na Alesp. Exerceu o cargo de chefe de gabinete do deputado federal Bruno Covas, na Câmara Federal. Foi ainda secretário de Habitação, em São Vicente e também chefe de gabinete da Cohab, em São Paulo.   leia mais...

Sobre a Ponte Pirituba – Lapa, o jornal Folha Noroeste e o vereador Eliseu Gabriel estão divulgando que há um novo projeto para essa obra, que foi inclusive cancelada pela gestão Dória, agora na versão com alças.   leia mais...

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) cobra medida do Governo do Estado sobre a Linha 6 do Metrô. Moradores reclamam da sujeira nas estações e falta de segurança no entorno.   leia mais...

O governador João Doria foi a Davos tentar buscar investidores estrangeiros para o Metrô de SP, estradas, aeroportos. Levou um vídeo enaltecendo a Cidade. Aposta em investimentos estrangeiros para tirar a Linha 6 - Brasilândia/ São Joaquim do papel.   leia mais...

O Conjunto Minas Gás localizado, localizado na Rua Coronel Euclides Machado, Freguesia do Ó, ao lado da Rosas de Ouro, recebeu, em 16/01/19, área de lazer neste espaço, feita pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), com a presença da deputada federal, Renata Abreu (Podemos) e vereador Claudinho de Souza (PSDB).   leia mais...

Enquete

Você acredita que a presidenta Dilma:

  • 1) Irá reerguer a Petrobrás e o Brasil e continuar seu mandato?
  • 2) Não dá mais, deve sofrer o Impeachment.

1) Irá reerguer a Petrobrás e o Brasil e continuar seu mandato?

25%

2) Não dá mais, deve sofrer o Impeachment.

74%

Geral  |  Política  |  Esportes  |  Variedades  |   Cultura  |  Educação  |  Saúde  |  Roteiros do Ó
Varejão dos Imóveis  |  História dos Bairros  |  Culinária  |   Ecologia  |  Videos  |  Fale Conosco
LAPA NEWS  |  FOLHA DE PIRITUBA  |  FREGUESIA NEWS  |  ZONA NORTE NEWS

Freguesia News - Copyright © 2011. Todos os direitos reservados
Sede Própria: Largo da Matriz Velha, 36 - Freguesia do Ó - São Paulo | Pabx/Fax: (11) 3931 6383 | E-mail: freguesianews@gmail.com